Mordida Aberta

A mordida aberta é uma alteração facial que é definida pela impossibilidade de fechar os dentes da frente ou de trás. Ou seja, não há contato entre os dentes anteriores ou posteriores da arcada superior com os dentes anteriores ou posteriores da arcada anterior inferior.

A estética em casos de mordida aberta é afetada, mas, acima de tudo, a funcionalidade é o fator mais prejudicado: o paciente não consegue realizar corretamente nenhuma das funções básicas mastigatórias ou fonatórias.

A única solução eficaz para corrigir a mordida aberta é a cirurgia ortognática, acompanhada de tratamento ortodôntico. Existem alguns casos que, com correção ortodôntica, poderiam ser resolvidos , mas a maioria requer tratamento cirúrgico evitando a recidiva do problema.

Assim, a cirurgia ortognática que será realizada será sempre bimaxilar para posicionar adequadamente os dois arcos, o da mandíbula e a maxila, geralmente realizando movimentos de rotação e translação.

A estética facial desses pacientes melhora após a cirurgia, mas acima de tudo é a recuperação da funcionalidade que realmente motiva o paciente com uma mordida aberta a ser submetida à cirurgia ortognática.

CIRURGIA ORTOGNATICA - Casos Clínicos Antes e Depois